Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

08.04.23

As saídas de fim-de-semana eram um dos aspetos mais excitantes da vida de uma criança nos anos 90, que via aparecerem com alguma regularidade novos e excitantes locais para visitar. Em Sábados alternados (e, ocasionalmente, consecutivos), o Portugal Anos 90 recorda alguns dos melhores e mais marcantes de entre esses locais e momentos.

Há trinta anos atrás, quando a geração que lê este blog era criança ou adolescente, o fim-de-semana que ora se assinala marcava, para eles, não só a festa da Páscoa como também um evento quase tão importante: o ponto médio das férias de Primavera, as quais levavam normalmente o mesmo nome do feriado religioso. Era altura de expôr, na escola, os desenhos primorosamente pintados de ovinhos e coelhinhos (e aquele do aluno criativo - ou espertinho - que dava o seu próprio toque à ilustração com um esquema de cores rocambolesco) e de deixar as aulas durante duas semanas (mesmo tempo das férias do Natal, mais uma semana que as anteriores, do Carnaval) para ir 'encher a barriga' de ovos de chocolate junto da família, fosse em casa ou num qualquer destino de férias.

20190327113920621.jpg

De facto, apesar de ocorrer com menos frequência do que nas férias do Verão (ou 'férias grandes') ou mesmo do que no Natal, havia quem não deixasse de aproveitar a Páscoa para rumar a outro destino que não apenas a casa de todos os dias, ou o lar de familiares próximos, sendo os locais escolhidos os do costume naqueles idos de finais do século XX, desde a casa dos primos no campo até locais de maior destaque, como estâncias de férias ou pontos turísticos no estrangeiro. Fosse qual fosse o destino, no entanto, algumas coisas nunca mudavam: havia sempre chocolates quase à discrição (fossem ovos, amêndoas ou qualquer outro dos doces tradicionais da época) e quem era crente não deixava de ir à missa, mesmo que esta tivesse de ser ouvida em Francês.

Ao contrário da maioria dos assuntos que abordamos neste nosso blog, este período do ano sofreu muito poucas alterações desde aqueles tempos; os destinos turísticos hoje são outros, e é possível falar com familiares sem necessariamente ter que os visitar (graças aos telemóveis e a plataformas como o Zoom e Skype), mas os aspectos-base das férias da Páscoa dos jovens de hoje em dia são, de um modo geral, os mesmos que fizeram os seus pais ansiar por esta época do ano, e sentir-lhe a falta quando ela terminava, e que farão, decerto, a próxima geração sentir-se da mesma maneira sempre que o calendário chega a finais de Março ou inícios de Abril...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub