Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

13.02.22

Nota: Este post é respeitante a Sábado, 12 de Fevereiro de 2022.

As saídas de fim-de-semana eram um dos aspetos mais excitantes da vida de uma criança nos anos 90, que via aparecerem com alguma regularidade novos e excitantes locais para visitar. Em Sábados alternados (e, ocasionalmente, consecutivos), o Portugal Anos 90 recorda alguns dos melhores e mais marcantes de entre esses locais.

casal-adolescente-amor-beijo-dicas.jpg

Das muitas experiências típicas da adolescência, namorar é uma das mais características. Há quem comece mais cedo, outros mais tarde; há relações que duram mais, e outras (nessa etapa da vida, a maioria) menos; mas há muito poucos jovens que não tenham, a uma ou outra altura do seu desenvolvimento, sentido e explorado sentimentos românticos por outrem.

Na época a que este blog concerne (e, queremos acreditar, ainda hoje em dia) uma das formas mais tradicionais de demonstrar esses mesmos sentimentos era com uma saída (mais ou menos) romântica – os hoje chamados, graças à influência anglófila, 'dates'. E uma das alturas mais apropriadas para combinar uma saída com a cara-metade, pela simbologia a ele associada, era precisamente a 14 de Fevereiro, no chamado Dia dos Namorados.

É claro que, para jovens ainda em idade dependente, os gestos românticos ligados a este dia ficavam muito longe das extravagâncias vistas nos filmes ou na televisão, sendo as camas de pétalas de rosa, caixas de chocolates em forma de coração, jóias e saídas a restaurantes finos típicos desses meios substituídas por lembranças mais simbólicas (de ursinhos de peluche a cassettes ou CDs feitos em casa, as famosas 'mixtapes') e idas a locais como o cinema, o bowling, o 'shopping', um dos inúmeros restaurantes de 'fast food' que se começavam à época a espalhar pelo país, ou simplesmente o jardim ao pé da escola ou de casa.

restaurante-romantico-sp-conheca-17-sao-paulo-1-d4

O ideal romântico da cultura popular estava fora do alcance da esmagadora maioria dos jovens

Qualquer que fosse o destino, o que interessava era passar tempo com a cara-metade, arriscar uns 'namoricos' em público, e quiçá comprar um ou outro presente para simbolizar a ocasião – nem que fosse apenas uma daquelas flores de plástico ou chupetas luminosas entusiasticamente propostas por vendedores ambulantes.

Foram assim os Dias dos Namorados de muitos adolescentes dos anos 80, 90 e 2000 – aqueles que tinham namorado ou namorada, bem entendido; os outros afirmavam, sarcasticamente, ligarem pouco ou nada à data; portanto, esta Segunda-feira, porque não recordar aqueles tempos com uma ida ao Mac, à Pull and Bear e ver um filme 'de gaja', acompanhados do vosso 'gajo' ou 'garina'?

Façam o que fizerem, feliz Dia dos Namorados!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub