Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

Portugal Anos 90

Uma viagem nostálgica pelo universo infanto-juvenil português dos anos 90, em todas as suas vertentes.

21.06.23

Em quartas-feiras alternadas, falamos sobre tudo aquilo que não cabe em nenhum outro dia ou categoria do blog.

Em plena segunda década do século XXI, a escolha de um tarifário na compra de um novo telemóvel (ou simplesmente aquando de uma mudança de operadora) é praticamente um dado adquirido, ao ponto de várias operadoras nem permitirem a compra directa de um telemóvel numa das suas lojas sem que primeiro seja escolhido um tarifário a associar ao mesmo. No entanto, nem sempre foi esse o caso; há trinta anos atrás, a noção de um tarifário pré-pago não era apenas desconhecida, mas sim praticamente inexistente. Curiosamente, este mesmo conceito foi introduzido ao grande público por uma operadora portuguesa, a qual, em meados da última década do século XX, criava o primeiro tarifário pré-pago do Mundo.

ng8544147.jpg

A mascote do tarifário ao lado do pacote básico do mesmo.

Falamos da TMN (hoje MEO) e do seu há muito descontinuado tarifário Mimo, lançado (segundo a maioria das fontes) em 1995, e que muitos dos leitores deste blogue recordarão decerto pela sua mascote – um mimo, naturalmente – e pelo respectivo anúncio que o mesmo protagonizava, estreado em 1998 e que se tornou um dos 'clássicos' da publicidade televisiva noventista.

Um anúncio tão icónico que, qual filme de Hollywood, foi alvo de um 'remake' em 2014, aquando da passagem da TMN a MEO.

No entanto, o verdadeiro 'golpe' do Mimo residia não tanto no seu 'marketing' (embora o mesmo tivesse, sem dúvida, sido marcante) mas antes na possibilidade que oferecia aos seus aderentes de utilizarem o serviço sem recurso a uma subscrição ou mensalidade, efectuando apenas carregamentos de saldo quando necessário, reduzindo assim os custos e abrindo o usufruto do serviço a demografias mais vastas – outro conceito, hoje, praticamente sinónimo com o uso de serviços de telemóvel, mas que à época era perfeitamente revolucionário, tendo ajudado a tornar o Mimo um dos mais populares serviços de comunicações móveis do Portugal de então, ao ponto de, a certa altura durante a segunda metade dos anos 90, 'Mimo' chegar a ser utilizado como sinónimo do próprio telemóvel!

Escusado será dizer que não tardou até a Telecel (hoje Vodafone, e eterna 'rival' da TMN/Meo) lançar a sua própria versão deste tipo de serviço, denominada Vitamina; poucos anos depois, em inícios do Novo Milénio, a própria TMN aperfeiçoaria a 'fórmula' que criara mediante o tarifário PAKO, e o resto é História. Quem, na sua juventude ou hoje em dia, utilizou um dos inúmeros e lendários tarifários de telecomunicações portugueses – dos supramencionados aos mais recentes Moche e WTF – deve essa possibilidade a um certo palhaço mudo, utilizado por uma certa subsidiária da Portugal Telecom, algures no ano de 1995...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub